Porque é que não usamos grão de bico ou batata doce como ingrediente?

Grãos de bico e outras leguminosas constam de 2 matérias muito venenosas, a saber:

Antígenos

Um antígeno é uma molécula que é capaz de provocar uma reação no sistema de defesa no qual são formados os anticorpos. Se vírus e bactérias entrarem no corpo, estes são reconhecidos como corpo estranho, depois do qual é iniciada uma reação de defesa e pode ser atingida a cura. Se a molécula que entra, não for uma bactéria ou vírus e por isso não seja realmente assim tão mau, uma reação de defesa é justamente indesejável. Mas se a molécula não for reconhecida como inocente, inicia-se uma reação de defesa e todas as consequências de uma reação alérgica.

Sementes dos legumes, entre outros grãos (de bico), mas também feijões de soja, constam de moléculas de proteína que não podem ser demolidas pelas enzimas (Tripsina) no intestino, mas que são tão pequenos que podem ser absorvidas na parede intestinal e lá provocar uma reação de defesa como acima mencionada.

Se desta maneira nascerem múltiplas infeções pequenas na parede intestinal, existe o risco do chamado síndrome do intestino furado com todas as suas consequências.

Açucares não-digestíveis como: Rafinose e Estaquiose.

Rafinose e Estaquiose são açucares não-digestíveis que têm um papel na proteção de células de plantas contra entre outros frio e seca. Ao consumar alguns produtos alimentares como batatas doces, feijões e grãos, rafinose e estaquiose podem causar flatulência, porque estes açucares não são demolidos no intestino delgado, mas apenas no colón. Isto causa gases (gás de hidrogénio e gás carbônico). Pense no efeito de uma grande caçarola de sopa de ervilhas.

Aliás, óleo de soja não contem proteínas e açucares e por efeito também não anticorpos ou açucares não-digestíveis.